A Sagrada Família de Gaudí: obra finalmente legalizada

A Sagrada Familia de Gaudi

A Sagrada Família de Gaudí: A obra que dura 136 anos e não tinha licença de construção

A Sagrada Família é um grande templo católico construído na cidade de Barcelona, na região da Catalunha, Espanha. O templo foi desenhado pelo arquiteto catalão Antoni Gaudí e é tido como sua grande obra-prima. O projeto foi iniciado em 1882 e permanece sendo construído por 136 anos. A construção chegou a ser interrompida no ano de 1936 devido à Guerra Civil Espanhola.

Pois acredite: mesmo após todo este tempo, a Sagrada Família não teve uma licença de construção.

Apesar de ser uma basílica listada pela Unesco, a Sagrada Família nunca obteve uma permissão do conselho local. Apenas agora, no ano de 2018 foi fechado um acordo para que a Sagrada Família pague 36 milhões de euros ( aproximadamente R$ 153 milhões de reais) para a cidade de Barcelona, para cobrir as despesas municipais geradas pela interminável obra.

Sagrado dinheiro: 153 milhões de reais de volta à Barcelona

O acordo foi firmado após 2 anos de negociação e comemorado pela prefeita de Barcelona, Ada Colau, como sendo um feito histórico. Ada falou também que valor arrecadado vai viabilizar novos projetos de infraestrutura local. A negociação prevê que o valor será pago durante um período de 10 anos, e 22 milhões de euros será investido na rede de transportes públicos da cidade, 7 milhões de euros na melhoria do acesso ao sistema de metrô, 4 milhões de euros na revitalização das ruas ao redor da Sagrada Família e 3 milhões de euros em manutenção das ruas e segurança.

Em troca ao acordo fechado, as autoridades regularizarão oficialmente a obra e a basílica poderá formalizar sua permissão para completar o projeto. Uma comissão será então criada para encontrar as “soluções urbanas” necessárias para concluir o projeto de décadas.

Sagrado fim: Previsão de entrega da obra para 2026

O design da Sagrada Família passou por vários estilos diferentes desde que o trabalho começou como uma basílica neogótica. Gaudí assumiu o projeto de construir uma igreja para Barcelona em 1883, e fez mudanças significativas no projeto durante todo o processo de construção. O templo, quando estiver terminado, disporá de 18 torres.

Gaudí faleceu em 1926 após ser atropelado por um bonde. Naquele ano, a Sagrada Família contava com apenas um quarto do prédio completo. Outros arquitetos continuaram o trabalho usando os modelos e desenhos que Gaudí deixou, embora muitos destes modelos estes tenham sido perdidos na guerra civil espanhola. É um mistério saber até que ponto os trabalhos após sua morte permaneceram fiéis à visão original de Gaudí.

O arquiteto catalão está enterrado na cripta da basílica. Tanto a cripta como a fachada da Sagrada Família foram reconhecidas como obras originais de Gaudí e estão listadas no Patrimônio Mundial da UNESCO. Considera-se a obra em fase final de construção, com 70 por cento da basílica completa. O trabalho atualmente está sendo realizado nas seis torres centrais. Deve ser completado em 2026, 100 anos depois da morte de Gaudí. E você, já visitou a Sagrada Família? Então conte pra nós aqui no blog da EGG43.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *