Dicas fundamentais para a pintura da sua casa

Dicas fundamentais para a pintura da sua casa

15/01/2019 0 Por Tatiana Peterson

Planeje bem a pintura da sua casa e tenha excelentes resultados

Sempre que queremos dar uma revigorada em nossa casa, a primeira ideia é refazer a pintura. E, é claro que dá vontade de ir ao home-center mais próximo, olhar um catálogo, comprar a tinta e sair pintando. Porém, tenha calma. Muito planejamento e calma nesta hora podem evitar que seu ímpeto de renovação torne-se um desastre. Então, pare um pouquinho e leia este post. Aqui traremos 5 dicas para a pintura da sua casa que vão ajudar você a renovar seu espaço, tornando o ambiente muito mais agradável.

1- Dê toda a atenção à escolha das cores: De acordo com o blog Tua Casa, para escolher uma cor adequada para cada cômodo, é necessário pensar em que sensações você gostaria de ter e transmitir em cada ambiente. Por exemplo: Se a intenção é ter tranquilidade, aposte em cores off-white e no azul.

Se a ideia é propiciar relaxamento e frescor, você pode escolher o o verde. O laranja é uma cor que incentiva a comunicação e a criatividade. Quem sabe pode ser usado para dar toques em um home-office?  O amarelo e o azul turquesa são perfeitos para alegrar um espaço neutro. E se você quer tranquilidade, use tons terrosos ou frios.

Dicas fundamentais para a pintura da sua casa

Mesmo escolhendo as cores, teste antes de pintar

2- Antes de investir em toda a tinta, faça testes: O site Casa & Jardim, recomenda que depois de escolher o tom que imaginou para aquele ambiente, você pinte uma pequena área e deixe por alguns dias. Você vai poder sentir como a cor vai parecer com os diferentes tipos de iluminação, tanto natural quanto interna. Também comprovará se a cor escolhida está em harmonia com os seus móveis.

3- Nada de desperdício! Calcule a quantidade correta da tinta: Com as cores definidas e os testes feitos, é hora de calcular a quantidade de tinta a ser usada. O cálculo pode ser feito da seguinte forma: Primeiro, você deve calcular a área a ser pintada. Para isso, meça a parede e multiplique pela altura do pé direito do cômodo. A seguir, multiplique este resultado pelo número de demãos necessárias. Normalmente, duas ou três demãos são suficientes.

4- Não esqueça de misturar tintas da mesma cor: Caso seja necessário mais de uma lata de tinta é recomendado misturar os galões em um terceiro recipiente. Isso porque, mesmo tintas da mesma cor, mas de lotes de produção diferentes, podem ter variações de tom. Se você misturar, garante que a tonalidade seja uniforme em todos os locais onde for usá-la.

Contratando ou não um profissional, é importante que você saiba o que deve ser feito

5- Saiba por onde começar: Você vai fazer o trabalho sozinho? É pintor de primeira viagem? Então é muito importante saber a ordem correta do que pintar primeiro. A recomendação é iniciar a pintura pelo teto, depois paredes, seguido pelas portas e janelas. E, caso você vá utilizar rodapés pintados, estes são os últimos da fila.

E, tenha certeza: estas são dicas fundamentais, mesmo que você contrate um profissional para a realização do trabalho. Ter noção do que vai ser feito, participar ativamente da escolha das cores, dos testes, vai fazer você escolher melhor o profissional e, sobretudo, ficar mais satisfeito com o trabalho.

Mas, caso você seja estilo “Do It Yourself” (faça você mesmo), já pode dar início ao seu mini-projeto de pintura da casa. Gostou das dicas? Quer ir além da pintura da sua casa? Então fique mais um pouco aqui no blog da EGG43 e aprenda também como fazer uma obra gastando pouco.