Isolamento acústico em ambientes: o que fazer?

Isolamento acústico em ambientes: o que fazer?

Em nome do silêncio: isolamento acústico em ambientes é possível

Um precioso bem está cada vez mais escasso no mundo: o silêncio. É cada vez maior o número de queixas a respeito de ruídos excessivos. Trânsito, bares, vizinhos, etc. Tudo contribui para atrapalhar nosso descanso. Assim, são cada vez mais frequentes os pedidos para que as construções considerem projetos de isolamento acústico em ambientes.

Para você que vai adquirir um imóvel novo, saiba que desde 2013 a ABNT lançou a NBR 15.575 que garante a chamada habitabilidade de casas e edifícios novos. Dentre as regras de habitabilidade da ABNT está a questão do desempenho acústico das edificações.

Para estar de acordo com a NBR 15.575, é preciso que a edificação seja capaz de evitar os ruídos gerados pela circulação de veículos, atividades nas áreas comuns (no caso de apartamentos), música alta, ruídos sonoros provenientes dos vizinhos, entre outros. São necessárias adequações de certos componentes da construção, como fachadas, coberturas, entrepisos e paredes, para que o isolamento acústico seja eficiente. Porém, se você já tem um imóvel ou está planejando uma nova construção, conheça alguns dos principais recursos que podem ser utilizados no isolamento acústico em ambientes da sua casa.

Como fazer um bom isolamento acústico em ambientes da sua casa

O isolamento acústico pode ser feito em diferentes níveis. Um isolamento acústico mais completo deve ser pensado desde o planejamento da casa, considerando diversos materiais e soluções. Outras medidas também podem ajudar você a reduzir os efeitos do barulho em sua casa. Confira:

Janelas acústicas: Cada vez mais procuradas, as janelas acústicas (ou antirruído) ajudam a bloquear sons externos. De acordo com a empresa Prime Comfort, elas são janelas de perfis mais pesados, contendo vedações que fecham frestas para que o som, tanto interno como externo, seja eliminado. Os vidros são escolhidos para cada caso específico, conforme a frequência e distância do ruído a ser isolado. Eles podem ser duplos, triplos ou quádruplos e combinados em diferentes espessuras. Vale ressaltar que não é só o vidro que elimina o som. A estrutura das janelas e acessórios são necessários para o aumento do bloqueio aos ruídos.

Isolamento acústico em ambientes: o que fazer?

Lã de vidro e lã de rocha: Estes materiais são utilizados em forma de manta e ajudam no isolamento acústico de estruturas. Além de propiciar isolamento sonoro, a lã de vidro consegue evitar a propagação de chamas, atuando também como um material anti-incêndio.  Quando associada à uma parede de alvenaria ou drywall, a lã de vidro consegue isolar entre 38 e 61 decibéis, conforme a espessura do sistema e da manta. Sua aplicação é indicada para locais como escolas, ginásios, indústrias, prédios comerciais, hotéis, teatros ou qualquer edificação que necessite de um projeto de isolamento acústico.

Isolamento acústico em ambientes: o que fazer?

É possível realizar isolamento sonoro em soluções estruturais ou em cada ambiente

A lã de rocha também possui grandes índices de absorção acústica. Além disso, é capaz de resistir ao calor, suportando temperaturas de até 200ºC . De forma geral, a lã de rocha é uma boa opção para ambientes residenciais que necessitem de tratamento sonoro na parte interna. O material pode ser utilizado para preencher espaços entre paredes duplas de drywall ou alvenaria, trazendo isolamento entre 42 e 60 decibéis.

Isolamento acustico em ambientes: O que fazer?

Estas são apenas algumas alternativas de isolamento acústico em ambientes da sua casa. Tenha em mente que minimizar ruídos é possível e que um arquiteto especializado pode ajudar você a ter sua tranquilidade garantida. Continue conosco no Blog da Egg43 e aprenda a planejar bem cada detalhe do seu projeto de obra ou reforma.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *